Como utilizar o Whatsapp na campanha política

Como utilizar o Whatsapp na campanha política?

Você já sabe: o botão verde pode fazer toda a diferença! Confira dicas práticas que podem ajudar sua campanha.

O Whatsapp é uma ferramenta de troca de mensagens que possui mais de um bilhão de usuários ativos por dia em todo mundo. No Brasil é o aplicativo mais usado, chegando a cerca de 120 milhões de usuários. Em 2020 o whatsapp está com muitas novidades que estão para chegar aos usuários, conforme matéria pulicada pelo TechTudo.

A ferramenta de mensagens instantâneas tem versão para mobile e web, o que permite enviar e receber vários tipos de mídias como: textos, áudios, vídeos, gifs, documentos.

Esses números, combinados às funcionalidades, fazem da plataforma um instrumento interessante para quem deseja e tem necessidade de se comunicar com várias pessoas de maneira rápida. Mas será que o whatsapp também é eficaz para políticos? Como faz para utilizá-lo estrategicamente? É o que você vai descobrir neste post!

Por que o Whatsapp?

O WhatsApp é o aplicativo mais utilizado no Brasil, segundo uma pesquisa realizada pela Conecta, plataforma web do Ibope Inteligência, divulgada no final de 2015. Os dados coletados apontam ainda que o WhatsApp é utilizado por 93% dos brasileiros que participaram da pesquisa.

No Brasil, um em cada três usuários ativos mensais do aplicativo de comunicação instantânea podem ser considerados como usuários diários de chamadas de voz pelo WhatsApp. É o que revela a nova edição da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box – Mensageria no Brasil.

Utilizando o Whatsapp na política

Conheça bem os seus contatos

Como falar para quem você não conhece?
Conhecer seu público vai te ajudar a criar sua estratégia de conteúdo. Pessoas mais jovens, por exemplo, são mais abertas à uma comunicação mais informal, ao uso de imagens, vídeos e novidades. Já com pessoas mais velhas, pode ser interessante apostar em um perfil mais profissional, sério e objetivo.

Planeje

Pode parecer um exagero, mas é essencial fazer um planejamento estratégico quando se trata de utilizar o whatsapp no marketing político.

Defina um horário de atendimento ou configure respostas automáticas quando estiver ausente (vamos falar sobre essa funcionalidade do Whatsapp Business ali embaixo), afinal, quando existe um enorme fluxo de mensagens, essas ferramentas devem ser utilizadas para otimizar o tempo, não o contrário.

Spam

Spam é uma mensagem eletrônica recebida que não foi solicitada pelo receptor. Geralmente esse conteúdo tem o objetivo de divulgar uma marca, pessoa, produto ou serviço e esse material é enviado a uma grande massa de usuários.

Por isso, ao utilizar o whatsapp em sua estratégia política, tenha muito cuidado com os excessos e tenha certeza de que o seu contato tem interesse em receber suas mensagens, pois ninguém gosta de spam!
Lembre-se sempre que o contato do outro lado da tela é que está no controle, uma vez que se sentir incomodado, ele tem o poder de silenciar ou até mesmo bloquear você.

Conteúdo relevante

Foi muito comum nas últimas eleições de 2018 os candidatos lotarem o aplicativos dos eleitores com os famosos “Santinhos”. Basicamente uma foto com um número para ser colocado na urna. O resultado disso é ser ignorado, silenciado ou até mesmo bloqueado pelo contato.

Uma vez que você conheceu o público e suas necessidades, use essas informações para criar um conteúdo mais relevante e segmentado da melhor forma possível, para que você seja beneficiado desse bom uso.


Informações falsas

Talvez os políticos sejam a classe que tem a imagem mais afetada por causa de informações falsas e fake news. Jamais compartilhe uma informação ou notícia sem antes verificar a veracidade do conteúdo. A disseminação de notícias falsas já tiveram resultados gravíssimos na sociedade… e claro, nenhum político ou candidato quer ter a imagem de mentiroso.


Grupos

Os grupos no whatsapp permitem compartilhar informações e arquivos com diversas pessoas ao mesmo tempo. É uma funcionalidade ótima para se comunicar com a própria equipe agilizando a comunicação.

O que não se deve fazer com essa funcionalidade é criar grupos e colocar as pessoas sem o devido conhecimento e autorização dos mesmos. Isso pode deixar uma imagem ruim de invasão do espaço e deixar o seu número bloqueado.

Interessante é ter grupos de discussão política com lideranças locais, membros da equipe e militância, desde que esses sejam convidados previamente e tenham interesse de participar de forma orgânica.

Whatsapp Business para políticos

O WhatsApp Business permite que você tenha uma presença comercial no WhatsApp, com funcionalidades diferentes do aplicativo convencional para se comunicar de forma mais eficiente com a sua base eleitoral.

É importante lembrar que a ferramenta foi criada especificamente para pequenos e médios empresários, mas que pode ser bem interessante para candidatos e políticos se o uso for adaptado da maneira correta.

Facilita a interação com os eleitores, fornecendo ferramentas para automatizar, classificar e responder rapidamente as mensagens.

A ferramenta é muito recente, então deve-se ponderar se é necessária para a sua estratégia político/eleitoral. Conheça algumas das suas funcionalidades:

Perfil

É possível criar um perfil com informações úteis para a sua base eleitoral, uma espécie de apresentação com o seu endereço, descrição do seu perfil, e-mail e site.

Respostas Rápidas

Com a ferramenta de respostas rápidas, você pode salvar as mensagens que enviar com frequência, e reutilizá-las para responder as perguntas mais comuns que receber.

Métricas

Uma aba específica para mensurar os resultados da sua comunicação, apresentando estatísticas do fluxo de mensagens. Uma funcionalidade interessante que auxilia a entender melhor como se comunicar com seu público.

Etiquetas

Organiza os contatos ou conversas utilizando etiquetas para que você possa encontrá-los facilmente. Você pode, por exemplo, dividir seus contatos em militantes, cabos eleitorais e instituições.

Se você pensa que o WhatsApp Business foi criado para que o usuário, cliente ou eleitor seja inundado por spam, está enganado. Mais uma vez, o usuário é quem está “no controle” e pode limitar as notificações, reportar spam ou simplesmente bloquear o contato. Então, é ele quem tem total controle.

O que não fazer?

Disparo de mensagens em massa

Essa prática foi utilizada em período de campanha eleitoral, mas é vedada pelo próprio WhatsApp, podendo resultar em cancelamento da conta.

Por isso, fuja das ferramentas que prometem esse tipo de funcionalidade. Ela pode te trazer muitos prejuízos! 

Uma alternativa é utilizar disparos por SMS ou de e-mail marketing segmentados que são permitidos, desde que exista um mecanismo para descadastramento.

Comercialização de banco de dados

Mesmo que a legislação brasileira não trate dos disparos em massa como crime, a comercialização de banco de dados é proibida para fins de campanha eleitoral.

Viraliza - agencia digital - banner Voto Certo-banner


Propaganda em período eleitoral

O WhatsApp não pode ser usado para enviar propaganda aos usuários sem consentimento. Para receber material de campanha, o utilizador tem de ter autorizado o envio previamente.

Em hipótese alguma o whatsapp deve ser usado para propaganda no dia da eleição.

Alguns conteúdos que você pode usar no WhatsApp são:

  • Pequenos vídeos: É uma das principais estratégias de contato e trabalho de campanha;
  • Imagens: envie imagens relevantes aos seus usuários de ações que estão sendo realizadas;
  • Boletins informativos: Mantenha seus usuários informados com boletins periódicos;
  • Feedback: Envie feedback aos seus eleitores.

E para finalizar, sugerimos que desenvolva um material específico para este canal de comunicação pois os acessos sempre serão realizados pelo celular.

PS: Se você realmente gostou desse conteúdo, fica meu convite para nos acompanhar nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Deixe um comentário